Casa Astral – O que regem as Casas I, II e III



  

As casas são conhecidas por refletirem cada aspecto da nossa vida, nosso passado, presente e futuro, as propensões da nossa vida, coisas que temos que resolver, é onde estão nossas informações mais importantes.

Se você já conhece um pouco sobre signos, talvez esteja na hora de você conhecer um pouco mais sobre como é formado o mapa astral, as áreas de influência e o que cada uma significa na vida das pessoas.

Vamos dividir o estudo das casas astrais em 4 partes, sendo essa é a primeira. Então, fique ligado para não perder nenhuma parte do estudo.

As casas astrológicas são conhecidas por refletirem cada aspecto da nossa vida, nosso passado, presente e futuro, as propensões da nossa vida, coisas que temos que resolver, enfim, é onde estão nossas informações mais importantes. Para esse primeiro momento, vamos começar com as casas I (um), II (dois), e III (três), em um total de doze casas.

Leia também:  Horóscopo de Leão - Previsões para o Signo em Maio 2017

A casa I é regida pelo nosso ascendente. Já falamos sobre isso aqui, mas para relembrar um pouco, é o signo responsável por ser nosso cartão de visita para o mundo externo, ou seja, como as pessoas nos veem e compreendem. Esse signo é regido pela nossa hora de nascimento, no dia em nós nascemos. Dessa forma, a casa um vai ser entendida com o mesmo intuito, ela vai nos apresentar ao mundo e nos guiar na forma como vamos ser apresentados.

A casa I também fala um pouco sobre nossos propósitos, sobre coisas que realmente nos importam, missões e funções e até nosso corpo físico.





A casa II é a casa de posses, ou seja, a partir dessa posição você consegue entender como lidar com o lado material, com dinheiro, com aquilo que você possui e sua gestão. Também aponta sua tendência a ganhos monetários, aos cuidados e até como todos esses aspectos regem a nossa vida. Regem também nossos talentos, nossos recursos.

Leia também:  Horóscopo de Escorpião - Previsões para Abril 2017

A casa III é a casa da comunicação, ou seja, como nos expressamos para as pessoas que nos envolvem na vida. Reflete também a nossa educação básica, as viagens de curta distância, os parentes de segundo grau (primos, irmãos), como o comércio pode nos afetar (sim, seja na hora de você ter posses e possa agir com ele, ou como você age na hora das compras).

O importante de analisar as casas é analisá-las separadamente, mas como funcionam posteriormente em conjunto com os signos e planetas responsáveis pelas áreas buscadas.

Por Yamí de Araújo Couto

Sasa astral



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *