Veja esta linda apresentação sobre os 12 trabalhos consedidos a cada signo para cumprirem a sua missão na Terra. Vale a pena conferir!!

Veja esta linda apresentação sobre os 12 trabalhos concedidos a cada signo para cumprirem a sua missão na Terra. Vale a pena conferir!!


Em uma escola de estudo esotérico, os alunos se sentiam depressivos e a escola entrou num sistema de entropia.

Pensando em resolver o problema, convidaram um Mestre espiritual muito conceituado, que vivia distante, para dar uma palestra, a fim de que todos pudessem continuar evoluindo nos seus trabalhos esotéricos.

O Mestre aceitou o convite feito pelo grupo deixando os mesmos ansiosos e apreensivos, pois os alunos achavam que ele era um grande Mestre e resolveria todos os seus problemas.

Depois da grande espera, o Mestre chegou no centro de estudo e encontrou todos à espera de grandes falas, de grandes palestras e de grandes discursos…

O Mestre percebeu que a escola estava com poeira, sujeira, desarrumada e desoganizarda. Simplesmente, pegou um balde, vassoura, sabão e começou a jogar água para todos os cantos e limpar os recintos da escola.

Todos ficaram impessionados e se olhavam estupefatos. Então, alguém resolveu perguntar ao Mestre o que ele estava fazendo.

O Mestre respondeu.: – O QUE VOCÊS NÃO FAZEM.

Eles se entreolharam e começaram a pegar as vassouras, panos para ajudar o Mestre na limpeza,deixando o centro de estudos limpo.

Feito isto, o Mestre deu uma palestra sobre energia positiva e a importância da limpeza, dos benefícios que ela traz para o plano físico, do bem estar.

Dizendo que as pessoas devem dormir limpas, pois vamos nos apresentar em outras dimensões.

Precisamos estar relaxados, concentrados e sem stress. Ouvir música que nos faz bem para podermos elevar o espírito.

Falou da importância dos incensos para tornar o lugar agradável e perfumado, sem esquecer da importãncia das flores para equilibrar as energias,o ambiente e transformar o seu espaço em beleza interior e exterior.

Frisou a importância de cuidarmos da nossa alimentação.

Com esta sabedoria todos puderam alcançar uma oitava superior.


Certo dia, um homem estava no quintal de sua casa e observou um casulo pensurado numa árvore. Curioso, o homem ficou admirando aquele casulo durante um longo tempo.

Ele via que a borboleta fazia um esforço enorme para tentar sair através de um pequeno buraco, sem sucesso. Depois de algum tempo, a borboleta parecia que tinha desistido de sair do casulo, as suas forças haviam se esgotado.

O homem, vendo a aflição dela para querer sair resolveu ajudá-la: pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo para libertar a borboleta. A borboleta saiu facilmente, mas seu corpo estava murcho e as suas asas amassadas. 

O homem, feliz por ajudá-la a sair, ficou esperando o momento  em que ela fosse abrir as asas e sair voando, mas nada aconteceu.  A borboleta passou o resto da sua vida com as asas encolhidas e rastejando o seu corpo murcho. Nunca foi capaz de voar…

O homem então compreendeu que o casulo apertado e o esforço da borboleta para conseguir sair de lá, eram necessários para que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas para fortalecê-las e ela poder voar assim que se libertasse do casulo.

Moral da história: às vezes o esforço é necessário para o nosso crescimento e fortalecimento. 

Se vivêssemos a nossa vida sem passar por quaisquer obstáculos, talvez não conseguiríamos ser tão fortes quanto podemos ser.

Pedi Força… e Deus me deu dificuldades para eu ficar forte.

Pedi Sabedoria… e Deus me deu problemas para resolver.

Pedi Prosperidade… e Deus me deu cérebro e músculos fortes para trabalhar.

Pedi Coragem… e Deus me ofereceu perigo para eu superar.

Pedi Amor… e Deus colocou em minha vida pessoas com problemas para eu ajudar

Enfim… não recebi nada do que pedi.

Mas recebi tudo o que eu precisava…

(autor desconhecido)





CONTINUE NAVEGANDO: