Influência dos Planetas nas Pessoas – Júpiter, Saturno, Urano, Netuno, Plutão



  

Os planetas influenciam em nossas vidas mais do que imaginamos. Confira quais as influências dos planetas Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão.

No último artigo falamos um pouco sobre como os planetas agem quando o assunto é mapa astral, na tomada de decisões e nos mais variados aspectos das vidas das pessoas. Se você não leu, clique aqui para ter acesso a primeira parte.

Dando continuidade a partir do planeta de Júpiter. Júpiter é o que rege nosso dharma, as nossas missões especiais, a nossa sorte. É em Júpiter que você encontra a real razão de você vir a esse mundo e o quão a sorte estará ao seu lado para a realização de suas funções e missões (dharma).

Saturno vem apresentar o que seria um pouco do oposto de Júpiter, mas um oposto complementar. Saturno é conhecido como o planeta da cobrança, da responsabilidade, do karma, ou seja, tudo aquilo que você deixou mal resolvido e você precisa lidar, ele sempre retorna através de algum assunto, ou até do mesmo assunto que você deixou por resolver. Saturno é um planeta muito interessante, pois ele apresenta ciclos bem definidos, mas costuma ser austero em sua cobrança. O tempo que se foi dado para a resolução de suas questões, é o suficiente, então se você não o cumprir, essa cobrança costuma ser ainda maior em outros aspectos fundamentais da sua vida, como: família, relacionamento, trabalho, posses entre outros.

Leia também:  Era de Saturno em 2017

Urano e Netuno costumam ser planetas menos explorados, mas são fundamentais para entender detalhes. Urano é o planeta que rege a astrologia e é o planeta das revoluções, da reviravolta na vida das pessoas e, dependendo da posição do signo que o ocupa, costuma apontar em qual área essa mudança brusca tende a acontecer.





Netuno, por sua vez, é o planeta dos sonhos. É onde está nosso inconsciente, nossa sorte, também mediunidade e espiritualidade. Costuma também tocar em aspectos de relacionamento, sejam emocionais, negociais ou sociais.

E por último, Plutão fecha esse artigo sobre os planetas mais conhecidos da astrologia. Plutão, ainda que seja o planeta mais distante da Terra, sabe-se que ele vem para descrever as gerações, seus propósitos, a sua sexualidade, o lado mais profundo e até escuro da alma humana.

Leia também:  Casa Astral - O que regem as Casas X, XI e XII

Nos próximos artigos, traremos mais ainda os planetas que quase não são abordados pela astrologia convencional, mas que fazem toda a diferença em pontos extremamente pertinentes na vida de cada indivíduo.

Por Yamí de Araújo Couto

Planetas e signos



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *