Músicas para meditação: como escolher a sua?



  

A meditação é um momento único, e deve estar associada a um ambiente tranquilo, calmo, sem distrações. 

Para se fazer uma boa meditação a escolha de um bom fundo músical é fundamental, por isso a escolha correta do som da meditação deve ser feito antes de realizar a prática.

Para isso, selecione a sua trilha sonora, escolha músicas que tenham mais a ver com a sua personalidade, seu estilo de vida. Não adianta você tentar meditar com músicas orquestradas se não é o tipo de som que te agrada.





Vale qualquer tipo de música, instrumental, orquestrada, clássica, com letra, sem letra, o ideal são músicas que te tragam paz de espírito, que encham o seu coração de amor. 

Evite escolher músicas tristes, que lembram algum romance vivido no passado ou que te tragam lembranças desnecessárias. O momento da meditação deve fazer com que você se esqueça de tudo e de todos, que viva o momento só com você. 

Não é bom também músicas muito energéticas, muito animadas, que fazer você querer levantar e sair dançando. Este tipo de música ou invés de acalmar, podem fazer com que você fica ainda mais agitada.

Algumas sugestões: músicas indianas, clássicas, barrocas ao som de violões, cravos e flautas, música instrumental de pianos, violão ou orquestradas. 



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *