Vidência e Clarividência – Informações e Diferenças



  

Podemos afirmar que a Vidência é o dom de ler e interpretar instrumentos mediúnicos milenares, como bola de cristal, tarôs, baralhos, copo de água, cristais, mãos, dados, entre centenas de outros oráculos, onde os médiuns confirmam suas previsões.

Neste modo de mediunidade, entra parte da psicologia, onde além de esclarecermos os fatos e situações, orientamos pelo caminho mais coerente a ser seguido, dentro dos parâmetros e possibilidades oferecidos pelo oculto do consulente.

Tanto na Clarividência como na Vidência podemos ter a resposta precisa às questões indagadas pelo consulente. A diferença é a maneira como se dão. Na primeira alternativa o médium não utiliza nada além da conexão mente-perispírito para desvendar os fatos. Já na segunda alternativa o perispírito se comunica com o médium através de algum instrumento particular, algum tipo de oráculo específico no qual o médium se identifica e tem seu dom aflorado para melhor entendimento entre os dois mundos, como uma bússola de orientação. Nos dois casos se pode ler ou prever com a mesma qualidade, pois o dom já existe no médium e as entidades guiam de diferentes formas, se doutrinando e adaptando ao seu "aparelho" (médium), com o objetivo de total compreensão em favor das pessoas.





Vale lembrar que todos os tipos de mediunidade são corretos e cabe apenas ao consulente escolher a maneira que se sente mais confortável em busca de suas respostas.

Por Ivi Izys



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *