Segundo a tradição Hindu, os devas (deuses) e asuras (demônios) receberam o soma, que é o néctar da imortalidade que concede a imortalidade a quem o toma, porém, este só tem efeito se o líquido for oferecido a outro ser e, se ingerido por ele mesmo, perde o poder da imortalidade. Portanto, os asuras, que eram incapazes de ceder o néctar aos devas, não se beneficiaram com o néctar. Já os devas, pela grande generosidade e compaixão que tinham em seus corações, conseguiram se beneficiar com o néctar.

Este fato traz o ensinamento de que o néctar sozinho não nos liberta do samsara, que é o ciclo do nascimento e mortes. Os demônios tiveram acesso ao líquido, mas foram incapazes de conseguir o benefício, pois não possuiam amor, generosidade e compaixão e foi justamente o ato generoso, compassivo e amoroso de oferecer o néctar aos outros que os deuses conseguiram se tornar imortais.

São as nossas virtudes que nos tornam imortais. Todos têm acesso ao néctar e é o uso correto dele que nos dirá se nos tornaremos deuses ou demônios. Depende das nossas escolhas, das renúncias e das nossas doações. O segredo está dentro do nosso coração.


Segundo a mitologia hindu Shiva é o Deus da transformação. Ele domina a energia do Tamas, que representa a ignorância ou inércia que deve ser eliminada para a renovação

Todas as últimas noites de Lua Minguante são as Noites de  Shiva, e no décimo quarto dia do mês hindu de Phalgun temos o Maha Shivaratri, que é o casamento de Shiva e Parvati, onde é realizada a Tandava Ntritya, ou seja, a dança da criançao, presevação e destruição.

Em nosso calendário, o Maha Shivaratri ocorrerá neste ano no dia 06 de março. Segundo os hindus, a Lua está diretamente relacionada com a mente, e no dia de Maha Shivaratri é a oportunidade para transformar a nossa mente, é o momento de se livrar dos pensamentos ruins, dos venenos da mente que trazem infelicidades e renovar, transformar, deixá-la mais sadia, mais pura, mais limpa. Assim é possivel viver uma vida mais plena e mais feliz.

Neste dia é bom realizar uma meditação e entoar  o mantra de Shiva “Om Namah Shivaya


A cultura indiana é uma das mais ricas e antigas do mundo. A mitologia hindu surgiu da sabedoria e da religiosidade dos hindus e foram repassadas de geração pra geração.

Segundo Joseph Campbell, famoso estudioso da mitologia mundial, revela que a principal função da mitologia é oferecer símbolos que ajudam no progresso do espírito humano. Assim, quando conhecemos os símbolos e mitos do hinduísmo aprendemos um pouco mais sobe este povo tão rico e sábio.

Ganesha, Brahma, Vishnu, Shiva, Saraswati, Lakshmi, Parvati, Rama são alguns dos Deuses presentes na mitologia hindu.

O Ator José de Abreu, que interpreta o Sacerdote Pandit na novela Caminho das Índias, fala sobre alguns desses Deuses Indianos. Confira a reportagem:





CONTINUE NAVEGANDO: