Há  muitos séculos o oculto é fonte de inspiração, sendo utilizado como ferramenta chave de estudos e práticas místicas, religiosas e terapêuticas.

Iremos desmistificar hoje quais portais podemos abrir através desta chave, que vem se adaptando, sendo revelada e utilizada desde os primórdios medievais. 

O MISTICISMO (que nada mais é do que a prática de qualquer espécie, utilizando ferramentas MÍSTICAS), é aplicado de maneira distinta ou conjunta de acordo com a vontade, interesse e necessidade do praticante. Devemos imaginar suas divisões como "PORTAIS DE ACESSO" àquilo que buscamos, onde a materialização da "CHAVE" é a nossa própria crença.

O misticismo abrange o esoterismo, simpatias, clarividências de todo tipo (os chamados oráculos: baralhos, copo d'água, borra de café, dados, leitura de mão, significado dos sonhos, runas, búzios, varetas, numerologia, mapa astral, entre dezenas de outros oráculos, que serão descritos posteriormente), amuletos, talismãs, fases da lua, supertições, banhos, plantas, meditação, chakras, mantras, mandalas, todos os tipos de horóscopos, feng shui, cristais, posicionamento planetário, gnomos, bruxas e regressos.

Na RELIGIOSIDADE, é desnecessário dizer que o oculto é a própria fé, porém, aprofundaremos o ocultismo na Umbanda, Quimbanda, Candomblé, Espírita e Nação (miscigenação de todas estas religiões).

Como forma alternativa temos as TERAPIAS HOLÍSTICAS, onde o tratamento é prescrito conforme a necessidade de cada um, e um profissional capacitado efetua métodos alternativos e eficientes para o bem-estar do paciente.

Os métodos são os mais variados, utilizando-se de produtos naturais em diferentes pontos do corpo. Alguns exemplos são a Yoga, Aromaterapia, Cromoterapia, Reiki, Acupressura, Acupuntura, ANMA, Apiterapia, e dezenas de outras formas de relaxamento, que visam proporcionar o autoconhecimento e harmonia entre corpo, alma e espírito, em busca de sucesso pessoal.

Nossas próximas etapas serão para adentrar em nossos três portais (místico, religioso e terapêutico), onde mergulharemos em civilizações antigas, cuja justiça era a espada e a cura vinha apenas do oculto, e as traremos aos dias de hoje, provando que ainda há muito o que aprender sobre todas as faces ocultas do universo, que nos foram dadas para serem reveladas.

Por Ivi


A busca de uma complementação à medicina tradicional gerou um novo conceito, que tem como fundamentação não apenas a cura das doenças, mas a manutenção da saúde e da qualidade de vida, que se chama  Medicina Integrativa, propondo uma junção das técnicas tradicionais com outras práticas já comprovadamente eficazes, como acumpuntura, homeopatia, ayurveda entre outras.

A união de profissionais de diversos segmentos atuam e utilizam estas praticas em prol do bem-estar dos pacientes. Já consagradas e com grande destaque nos Estados Unidos, as técnicas  do oriente chegam ao Brasil garantindo um tratamento eficiente e completo.

A base da Medicina Integrativa é a cura e a restauração do bem estar físico e mental. Destaca-se nesse contexto a participação do paciente na promoção da própria saúde, reconhecendo  a integração do corpo com uma visão global da pessoa na busca da melhor prática.

A Medicina Integrativa é uma abordagem que tem como intenção trazer o paciente para uma visão do seu próprio processo de cura tomando consciência da respiração, da atenção ao coro e da alimentação.

Por Silvane Romero


Chi Kung (Chi = energia vital, Kung = Cultivar) é uma técnica praticada há cerca de 3 mil anos pelos Chineses. É a consciência da energia vital interna, o equilíbrio sincronizado do corpo e da mente.

Segundo os chineses, trabalhar ou exercitar o cultivo dessa energia, proporciona um estado de saúde para o corpo e equilíbrio emocional. Um conceito de saúde Oriental bastante amplo que tem diversas finalidades, com ênfase na respiração o Chi Kung melhora o desempenho de concentração, estabelecendo uma ampla melhoria da consciência e calma mental.

Por ser uma técnica de movimentos suaves e de baixo impacto é recomendado para praticantes de todas as idades. A prática regular proporciona um fortalecimento muscular, potencializa a força e melhora a  flexibilidade e produz bem estar e relaxamento.

É indicado a prático duas vezes por semana com orientação profissional para obtenção de melhor aproveitamento dos movimentos, que são repletos de simbolismos e significados.

Por Silvane Romero


Original do Sul da Índia a técnica Shantala foi desenvolvida há milhares de ano, e tradicionalmente era transmitida de mãe para filha e praticada como parte dos cuidados diários com seus filhos.

A beleza e harmonia dos movimentos  dos efeitos dessa massagem reporta o bebe para as sensações dos movimentos intra-uterinos, proporcionando bem estar e relaxamento, aumenta a integração e ligação entre a mãe e o filho.

A prática da Shantala requer alguns importantes pré-requisitos como carinho, dedicação e paciência. Não existe uma receita pronta, cada bebê é único e percebe o toque de forma diferente. O ambiente deve ser  preparado com uma temperatura agradável, cerca de 26ºC, silencioso e deve ser destinado um tempo de no mínimo  vinte minutos para realizar os movimentos.

O contato com o bebê poderá ser iniciado antes mesmo do nascimento através de massagens na barriga. Depois do nascimento, o bebê poderá receber a massagem completa após o primeiro mês de vida.

Por Silvane Romero


Fazer trabalhos manuais é uma ótima estratégia para aliviar a ansiedade, defendem os especialistas. Na hora de escolher um, experimente colorir mandalas, imagens circulares são capazes de levar a um mergulho interior quando se concentra nelas. Funciona como uma meditação, pois desliga você do mundo em volta e lhe conecta com os seus desejos mais íntimos.

A prática pode até auxiliar quem deseja emagrecer. Para isso, a pessoa deve imaginar e agradecer o corpo magro enquanto pinta a mandala – de preferência usando cores frias, como lilás, azul e verde, que evocam calma e saúde, e evitar o vermelho, que dá fome.

Depois, você ainda ganha uma peça de decoração. Deixar a mandala posicionada em um lugar da casa para o qual você olhe sempre é um jeito de não se esquecer do seu objetivo e agir para conquistá-lo.

Voce pode comprar um livro com ilustrações para colorir ou imprimir na internet (conheça o www.123colorir.com).

Por Danielle Batista


De acordo com estudos, a prática da Meditação possui efeito oposto ao do estresse no organismo, desacelerando o metabolismo, diminuindo a pressão arterial, a tensão muscular e o rítimo respiratório.

A Meditação ajuda a melhorar a oxigenação do sangue, auxilia no equilíbrio dos batimentos cardíacos e da respiração, proporcionando um estado de relaxamento e tranquilidade.

Meditar ajuda no tratamento da Enxaqueca, Gastrite, Tensão Pré-Mestrual (TPM), Arritimias cardíacas, Problemas circulatórios, Hipertensão e várias doenças.

Ao se relaxar, o corpo libera uma substância chamada serotonina, que atua no cérebro proporcionando sensação de bem-estar.

A Meditação ainda ajuda a rejuvenescer, pois estimula o DHEA, hormônio associado à juventude.

Há pesquisas que comprovam que a meditação ajuda no tratamento da depressão, pânico, ansiedade e insônia.

Para se tornar uma pessoa menos estressada e irritada a prática diária da meditação é a forma mais eficaz de prevenir doenças, equilibar o corpo, a mente e o espírito trazendo mais tranquilidade, calma e muita paz ao nosso corpo e à nossa vida.


Os povos orientais antigos utilizavam os elementos da natureza para simbolizar as nossas atitudes e comportamentos guiados pelas características dos objetos e a relação entre eles. 

Esta é Teoria dos Cinco Elementos, uma lei básica que guia a análise das atribuições dos objetos e as suas  relações. Os elemsntos são classificados de acordo com o seu planeta correspondente, Mercúrio é regido pela água, Vênus pelo metal, Marte pelo fogo, Júpter pela madeira e Saturno pela terra.

Clique aqui e veja a influência dos cinco elementos (Água, Metal, Fogo, Terra e Madeira) em nossa vida.


Qi Gong é uma técnica que pode melhorar a sua energia. Qi significa ar, sopro ou energia e Going é treinamento ou exercício.

Esta técnica milenar de origem taoísta, tem por objetivo treinar a energia vital, para que ela fique em equilíbrio e promova saúde e vitalidade. É fundamentada nos princípios da medicina tradicional chinesa.

Os exercícios do Qi Gong combinam alongamentos, respiração sincronizada, concentração e meditação. A pessoa deve se concentrar na raiz do Qi enquanto movimenta o corpo, que é o centro de energia vital. Esta técnica faz com que as pessoas consigam armazenar energias e direcioná-las para as àreas do corpo que mais necessitam. Ao final, a pessoa se sente mais dispostas e com uma sensação de bem-estar e paz interior.


Meditar para os ocidentais significa refletir sobre algo, para os orientais, meditar é algo bem mais amplo, é entar num estado de consciência sã para atingir uma melhor auto-compreensão.

A meditação nos ensina a desvendar como somos, como o nosso corpo funciona, como agimos em determinadas situações, enfim, iremos aprender a nos conhecer melhor para conseguirmos resolver os problemas que nos afligem por dentro.

A prática da meditação requer muita disciplina e regularidade.

Aprenda a meditar com as lições do vídeo abaixo:


Prestar mais atenção nos sonhos pode nos ajudar a compreender fatos em nossa vida durante o dia. O sonho é a linguagem do inconsciente, que pode nos trazer lições e mensagens de fatos do cotidiano.  

Antigamente as pessoas acreditavam que os sonhos eram mensagens de Deus para os homens. Hoje sabemos que sonhos são mensagens que estão no nosso inconsciente mas a nossa sensura interna não permite que vivenciamos. 

É errado dizer que alguma pessoa não sonha, todos sonhamos. Numa noite uma pessoa pode ter de quatro a seis sonhos. O que ocorre é que, dependendo da fase do sono que a pessoa acorda, ela não se lembra do que sonhou.  

Dizer que sonhar com tal coisa representa isso ou aquilo é muito superficial. Somos seres únicos, os sonhos são linguagens simbólicas do nosso inconsciente, e cada sonho tem a ver com a história pessoal de cada um. Só você pode decodificar o seu sonho. Um psicólogo pode auxiliá-lo na interpretação dos seus sonhos. 

A interpretação é feita pela associação da vida da pessoa, da sensção despertada e do significado que existe dentro de você.

Prestar atenção e registrar os sonhos pode ser uma auto-terapia e respostas para a sua vida.


Os Florais de Bach ajudam a manter o perfeito equilíbrio em nosso corpo, em harmonizar nossas emoções e sentimentos. 

Terapia com o floral, é indicada em casos de depressão, ansiedade, estresse, tristeza, angústia, raiva, mágoa, compulsão, etc. Os Florais ajudam no tratamento da alma do indivíduo e não da doença em si. Isso faz com que a pessoa consiga, dentro dela, encontrar a solução ideal para os seus problemas.

Confira o poder das essências:

Agrimony: auxilia na limpeza da alma, na cura das emoções mal resolvidas. Ajuda a afastar do vício: álcool, drogas, cigarro e controla a compulsão alimentar;

Centaury: ajuda a revigorar a personalidade fraca, ideal para pessoas compulsivas por alimentos ou algum vício;

Cherry plum: ajuda no tratamento do descontrole mental, físico e emocional. Ótimo para pessoas com crises de choro e irritação.

Chestnut bud: ideal para pessoas que vivem cometendo os mesmos erros do passado, para quem já se submeteu a várias dietas sem sucesso. Ideal para pessoas que sentem dificuldade em aprender com os próprios erros. Ajuda no controle da obesidade.


As cores estão sempre presente me tudo na nossa vida. Em nossa casa, nos nossos objetos, na nossa roupa. Você sabia que as cores podem ajudar a curar doenças, revitalizar a nossa saúde e melhorar o nosso astral?

Confira aqui a influência de cada cor na nossa vida:

Vermelho: Ativa a circulação e o sistema nervoso, estimula o reciocínio e a capacidade emntal, aumenta a força de vontade e ajuda a dar mais coragem;

Laranja: Ajuda a eliminar gorduras localizadas, estimula  a mente auxilia na obtenção de novas idéias;

Amarelo: Atua na regeneração óssea, aua ação inspiradora ajuda a no autocontrole e estimula o raciocínio;

Verde: ajuda a calmar o coração e a mente, possui ação anti-séptica e vaso-dilatadora. Traz esperança e satisfação pessoal;

Azul: Ajuda a tranquilizar e acalmar, possui ação analgésica e previne os sintomas do stress;

Violeta: esta cor ajuda a transformar energias negativas em positivas. Acalma o coração e a mente, favorece a saúde, ajuda na cura de infecçòes e inflamações.


A meditação é um momento único, e deve estar associada a um ambiente tranquilo, calmo, sem distrações. 

Para se fazer uma boa meditação a escolha de um bom fundo músical é fundamental, por isso a escolha correta do som da meditação deve ser feito antes de realizar a prática.

Para isso, selecione a sua trilha sonora, escolha músicas que tenham mais a ver com a sua personalidade, seu estilo de vida. Não adianta você tentar meditar com músicas orquestradas se não é o tipo de som que te agrada.

Vale qualquer tipo de música, instrumental, orquestrada, clássica, com letra, sem letra, o ideal são músicas que te tragam paz de espírito, que encham o seu coração de amor. 

Evite escolher músicas tristes, que lembram algum romance vivido no passado ou que te tragam lembranças desnecessárias. O momento da meditação deve fazer com que você se esqueça de tudo e de todos, que viva o momento só com você. 

Não é bom também músicas muito energéticas, muito animadas, que fazer você querer levantar e sair dançando. Este tipo de música ou invés de acalmar, podem fazer com que você fica ainda mais agitada.

Algumas sugestões: músicas indianas, clássicas, barrocas ao som de violões, cravos e flautas, música instrumental de pianos, violão ou orquestradas. 


Aromaterapia é uma prática muito simples e barata para combater os efeitos do stress em nosso corpo.

Alguns óleos essenciais possuem o mesmo efeito do que alguns calmantes, sendo inclusive utilizados para acalmar pacientes em sala de espera de dentistas e reduzir o mal estar após cirurgias.

Os óleos essenciais auxiliam na redução dos batimentos cardíacaos, trazem bem-estar, aquietam a mente e ajudam a relaxar

Para realizar a aromaterapia basta utilizar um óleo essencial em um aromatizador, um difusor, ou até mesmo inalando o conteúdo do vidro.

Confira o benefício de alguns óleos essenciais:

  • Óleo de lavanda: ótimo contra a ansiedade, ajuda a combater a insônia e o estresse;
  • Óleo de limão: ideal para combater o estresse e aumemtar a capacidade de concentração e clareza nas idéias. Perfeito para ser utilizado em ambiente de trabalho;
  • Óleo de laranja: possui uma ótima ação sedativa, controla ataques de raiva e preguiça;
  • Óleo de benjolim: perfeito para trazer harmonia, acalmar e auxilia na meditação;




CONTINUE NAVEGANDO: